Anis Nacfur Júnior

Nascido em Brasília, Distrito Federal, hoje com quarenta e três anos, criado no Lago Norte, um bairro bucólico da Capital Federal.

Infância tranquila, em família de classe média, e o sonho infantil de ser músico. Chegou a ser, amador, violonista e percussionista em bandas de rock e de pagode. O sonho ruiu com a morte de seu grande amigo, vocalista em ambas as bandas. A frustração com a música o conduziu a outra grande paixão: a literatura. Tomou gosto por ler e escrever e percebeu que a escrita surgia com bastante naturalidade. Tornou-se aprazível escrever. De tudo. Poesias juvenis, contos, romances e ficção, fantasia, sua tendência mais nítida.

Vários anos escrevendo apenas para si, sem qualquer intenção profissional, e nos casos de poesia, para sua grande paixão, Gardênia, a esposa tão amada.

O amadurecimento pessoal, com os muitos anos de serviço público e construção da família, inclusive a paternidade, levaram-no a crer ser chegada a hora de tornar pública sua obra. A primeira a vir a público é esta: O Início do Hoje, livro que marca seu gosto pelo seguimento de fantasia, mas não somente isso, é a obra mais querida, a primeira a ser finalizada.

Hoje divide seu tempo entre suas paixões: a maior delas sua família, esposa e filhas, a  segunda a literatura, até então um hobbie ...