L. A. Guimarães

L.A. Guimarães nasceu no dia 22/05/1971 em um lar humilde, na zona oeste do Rio de Janeiro. As dificuldades da infância pobre lhe despertara o sonho de se tornar um dia, um homem bem sucedido para assim poder cuidar de seus pais de uma forma confortável.

Quando criança viajava em seus pensamentos e sonhos. Ora se via um astronauta próximo às estrelas ou um famoso jogador de futebol, ou mesmo um cantor e às vezes um grande maratonista ganhando medalhas pelo mundo... Mas foi no início de sua adolescência que descobriu o que realmente queria ser. Ao conhecer Machado de Assis, Drummond, Lavínia Machado, Cecilia Meireles... Se apaixonou por poesia e vislumbrou a possibilidade de também ser um escritor, e que sabe um dia se imortalizar nas memórias e nos corações de todos os que amam a vida, mas a vida lhe tirou seus pais cedo demais, antes que pudesse iniciar a busca por seu sonho.

L.A. Guimarães nunca esqueceu o seu maior sonho. Mas também não tinha como realiza-lo. Ele teve uma vida de trabalho duro. Casou-se cedo e precisava alimentar a família.

Dentre tantas lutas, teve quedas e reerguidas, até que uma fatalidade mudou sua vida aos 39 anos: Ao sofrer um atentado , foi baleado, no hospital foi preso e acusado injustamente, de assassinato.

Condenado a 14 anos de reclusão viu sua vida desmoronar, e também todos os seus sonhos se desfazerem. porém, por pouco tempo.

L.A. não se conformou em apenas esperar o tempo passar para ganhar a liberdade e então recomeçar. Decidiu recomeçar ali mesmo, lembrou-se do sonho da adolescência e deu início a sua grande obra: “A dramática e fascinante história do homem que desafiou Deus”

L.A. realizou seu sonho quando tudo conspirava contra e isso é apenas o começo de uma grande trajetória de guerras, dificuldades e vitórias que ainda estão por vir.

Um ser humano que deixa seu sonho para trás, se despede da vida com um pensamento: Por que eu não tentei?