Arthur Ferreira dos Santos - Escravo, Operário, Empreendedor

Em 1871 é votada a Lei do Ventre Livre, numa alternativa de conciliar interesses abolicionistas e escravistas visando adiar as discussões sobre o m da escravidão. No entanto, esta lei só fez aumentar o sentimento abolicionista que ganhava as ruas. Em 1885 é votada a Lei do Sexagenário, considerada pelos abolicionistas como uma piada, pois esta dizia que todos os negros, com mais de 65 anos, deveriam ser libertos, mas precisariam permanecer mais cinco anos fornecendo serviços ao seu senhor. A esta idade o negro já era considerado improdutivo resultando apenas em gasto para o senhor. Com efeito, a lei não tinha outro sentido senão livrar o proprietário de gastos.