Cleberson Kadett - Quando o Céu é o Limite

Quando o céu é o limite, narra a trajetória de um físico americano que cria uma teoria sobre o desaparecimento de pessoas ao redor do mundo. Em suas investigações e através da observação, ele propôs que vórtices de luz (semelhantes a buracos de minhoca) poderiam ser os causadores de eventos sobrenaturais. Embasando sua teoria em fenômenos naturais somados a cálculos, entrevistas, reportagens, colheita de provas e indícios, o físico escreveu diversos artigos. Inicialmente taxado como pseudocientista, com o tempo as suas explicações para diversos casos transformaram suas teorias em uma ciência alternativa, que poderia explicar acontecimentos, quando a ciência convencional falhasse. Suas teorias comprovariam que, diante o aquecimento global e o uso desenfreado de arsenais nucleares, a Terra tornou-se um ambiente propício para um fenômeno natural bizarro: a transposição humana, algo analogicamente comparável ao teletransporte, na física quântica.