Djalma Santos - Jesus Uma Farsa?

Eu, Djalma Dias dos Santos, decidi escrever essa obra para mostrar a maior farsa deste mundo. Fora criado um pseudo-salvador cognominado Jesus/Yeshua, o qual é a maior farsa deste mundo. Este pseudo-salvador é uma invenção de pseudos-judeus e Roma. Mas nas Escrituras Sagradas Hebraicas podemos ver que esse suposto salvador, querendo se fazer de filho de Deus, é uma invenção, até porque as Escrituras Sagradas jamais mencionaram, em local algum, que o Criador dos Céus e da Terra iria nos enviar um filho para morrer pelo povo, haja vista podemos ver as diversas contradições deste intitulado Novo Testamento, que é uma invenção. Para se ter uma ideia, os livros deste engodo intitulado Novo Testamento possui muitos textos tirados da própria Escritura Sagrada, da Torá e doTanack.

Eu, Djalma, sou um leitor habitual das Escrituras Sagradas, e me senti tão incomodado com tantas invenções e distorções, que decidi mostrar dentro da própria Escritura Sagrada que este pseudo-salvador é uma invenção; que Deus, sendo o Todo Poderoso, não divide sua Glória com outros e não dá o seu louvor a nenhum ídolo, e que nos diz que somente no seu nome todo homem o confessará e que todo o joelho se dobrará. Inventam um pseudo-salvador, dizendo que já não se deve guardar os mandamentos da Torá, inventando um falso batismo nas águas, o qual Deus ordenou somente aos sacerdotes (Vaycrá – Levítico 8:6): “E fez chegar Moshe ( Moisés) Aharon ( Arão) e a seus filhos, e os fez imergir na água”.

Mas os romanos inventaram um batismo nas águas para dar credibilidade ao engodo chamado Novo Testamento.