Marçal de Ataíde - Cotidiano Vertical

Este livro de linguagem divertida retrata o ambiente em que vivem os moradores do edifício “Vila Formosa”, e o cotidiano da pequena e interiorana Mirandópolis, palco de todos os acontecimentos, onde a tranquilidade e o clima agradável atraiu pessoas de lugares diferentes em busca de uma melhor qualidade de vida.

A história de um síndico excêntrico; um médico que no final de carreira resolveu adquirir uma funerária, com planos mirabolantes para sua clientela; o pinguço Menelau, desocupado e que vive dando palpites na vida alheia; o dentista prático que faz milagres a céu aberto na praça principal da cidade; a viúva que enterrou três maridos e que chocou toda a cidade quando abriu um sex-shop; o casal de estrangeiros adeptos ao naturismo ; o professor de direito que só se comunica em juridiquês; o paraibano chegado a um “rabo de saia” que desafiava a esposa com suas peraltices, e que teve que fazer o velório da sogra no mesmo local e dia do casamento do vizinho, e outros personagens que compõe o cenário de uma criação voltada para quem aprecia situações engraçadas.

Não foram esquecidos os acontecimentos sociais da cidade, como funerais de pessoas ilustres; entrega de comendas pela câmara de vereadores, e as missas que eram celebradas pelo padre Augusto, que se aproveitava do ato religioso para enviar seus recados.