Wagner Azevedo - Dicionário de Animais com Outros Significados

No segundo semestre de 2008, em uma aula de língua japonesa na UERJ, a professora Rika Hagino comentou que presenciara no Japão um brasileiro ser empurrado no trem. Ele xingou em japonês “seu cavalo” (como “seu estúpido”), mas o japonês apenas olhou para trás sem entender nada... Esse relato foi interessante para sabermos que não são todas as culturas que têm a mesma percepção linguística para os usos de determinados vocábulos ou locuções com outros significados. Foi depois deste episódio que tive a ideia de elaborar um dicionário sobre os nomes de animais com outros significados para apresentar a curiosidade a todos e que ajudasse os estrangeiros estudantes da língua portuguesa do Brasil a compreender melhor nosso idioma. A princípio era apenas com os nomes dos animais; depois fiz a segunda parte com os membros do corpo, também com outros significados; a terceira com os coletivos e a quarta com vocábulos homônimos que o povo confunde como sendo de origem animal.